" Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça " 2 Timóteo 3:16

DÚVIDAS

A colação de grau pode ser feita, desde que requerida pelos interessados, por escrito, em dia, hora e local fixados conforme a conveniência da instituição e deve ser realizada na presença do Diretor do CETADEB/SETEIN ou pessoa por ele delegada.

É uma comissão representativa da turma de formandos, integrada por alunos que manifestem interesse em participar da mesma, com apoio e supervisão da coordenação local do núcleo.

A comissão tem a atribuição de organizar e coordenar todo o processo de Colação de Grau. A organização e a decoração do cenário é de responsabilidade do núcleo local.

Para o aluno ser considerado apto a participar da cerimônia de entrega dos certificados, deve ter sido aprovado no curso que está concluindo.

Estar em dia com as obrigações acadêmicas curriculares. . NÃO É ADMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE ALUNO COM PENDÊNCIAS ACADÊMICAS NA CERIMÔNIA OFICIAL DE COLAÇÃO DE GRAU.

Para obter informações sobre documentações e saber se o aluno formando está apto (ou não) a colar grau, procurar junto ao Cetadeb/Setein.

Não poderá participar do ato de colação de grau, nem mesmo simbolicamente, o aluno que não tiver concluído todo o curso e que tenha pendencias financeiras junto ao núcleo local.

SOLENE - Com beca preta, faixa na cintura e capelo, que é colocado na cabeça após o recebimento da outorga de grau. com as presenças de todas as autoridades em local escolhido pelos formandos e com apreciação da diretoria do núcleo.

AÇÕES DE GRAÇA É realizada em data e local estabelecidos pela diretoria do núcleo.

Em geral os passos de uma cerimônia de colação de grau são:

 

  • Abertura do culto: _____(nome)_____
  • Delegar o cerimonial à _____(nome)_____
  • Composição da mesa de honra (apresentações)
  • Entrada do paraninfo, formandos.
  • Louvores congregacionais
  • Um formando entrará com uma bíblia aberta para realizar nela a leitura oficial
  • Leitura bíblica: _____(nome)_____
  • Louvor: _____(nome)_____
  • Entrada das bandeiras (brasil, estadual, municipal, cetadeb)
  • Hino nacional brasileiro
  • Histórico do curso: _____(nome)_____
  • Louvor: _____(nome)_____
  • Palavra do patrono: _____(nome)_____
  • Palavra do paraninfo: _____(nome)_____
  • Discurso do orador da turma: _____(nome)_____
  • Juramento: _____(nome)_____
  • Entrega dos certificados
  • Colação de grau: _____(nome)_____
  • Homenagem aos professores / diretoria do núcleo
  • Mensagem: _____(nome)_____
  • Finalização
  • Bênção apostólica

OBS: Em alguns pontos, a ordem pode ser alterada.

1) Por se tratar de um ato oficial, recomenda-se que o tempo total da cerimônia não ultrapasse 2 horas.

2) A leitura do termo de conclusão de curso com a chamada dos formandos será feita pelo secretário ou mestre de cerimônias, previamente designado pelo diretor do núcleo.

3) As músicas, escolhidas como trilha sonora individual, devem ter a letra e estilo condizente com a cerimônia.

4) o DISCURSO DO ORADOR  deve ser submetido, com antecedência, à direção do núcleo.

5) Os discursos do paraninfo e do orador deverão ter aproximadamente 5( cinco ) minutos de duração.

6) Os formandos deverão estar presentes no local da cerimônia uma hora antes do horário marcado para início da cerimônia.

7) A organização e a decoração do cenário são de responsabilidade do núcleo.

8) Só participará os alunos que concluírem o curso.

9) Caberá ao núcleo marcar a data e horário do ensaio após a entrega da documentação pela comissão de formatura ao cetadeb/setein.

Todos os formandos e diretoria do núcleo deverão comparecer ao ensaio, a fim de evitar constrangimentos na hora da cerimônia.

RECOMENDAÇÕES

A solenidade de colação de grau terá início no horário estipulado no convite Independentemente de quem esteja presente

IMPORTANTE Toda e qualquer inovação na cerimônia de colação de grau deverá ser apreciada pelo cerimonial do cetadeb/setein.

ALGUMAS DEFINIÇÕES E TÓPICOS IMPORTANTES SOBRE A COLAÇÃO DE GRAU

A) Comissão de formatura – é a diretoria do núcleo que deve pensar e preparar todas as exigências e necessidades para a colação de grau.

B) Nome da turma – pode haver ou não. Quando há, pode ser para homenagear alguém ou até para fazer referência a algo relativo aos próprios formandos. 

C) Patrono – é uma personalidade considerada como referência profissional e/ou pessoal para os formandos. O patrono é aquele que dá nome à turma, o profissional no qual nós nos inspiramos, de preferência, da profissão da turma.

D) Paraninfo(a) – são os padrinhos ou madrinhas dos formandos, o paraninfo é uma personalidade destacada no âmbito do corpo científico da área dos formandos; trata-se em geral, de pessoa de notório saber acadêmico, reconhecida competência e padrão de referência na área específica de conhecimento. São os professores, geralmente dois, escolhidos pela turma.

E) Orador da turma – teoricamente é um formando eleito, que escreve um texto e o submete a todos, discursando na colação de grau.

F) Juramentista – é quem lê o juramento do curso, à frente de todos. Pode ser seguido a cada pausa (quando todos repetem a frase lida) ou somente ao final, quando todos repetem “assim o prometo!”

G) Mestre de cerimônias (mc) – é o apresentador; quem conduz os passos do evento. Pessoa responsável pela organização e bom andamento do cerimonial de uma instituição ou evento.

H) Homenagens - os homenageados são integrantes da diretoria do núcleo e/ou incentivadores da instituição, que, nas transações acadêmicas e administrativas durante o curso, mereceram o reconhecimento e gratidão da turma como um todo. Integrantes de serviços terceirizados não participam dessas homenagens. A escolha fica a critério da turma de formandos.

I) Discursos - o bom discurso deve ser curto, sucinto, sereno e objetivo. Sua duração deve se orientar pela expectativa que se cria. Um discurso de formatura ou de paraninfo pode durar até cerca de cinco minutos, tempo suficiente para que o orador esgote os assuntos já tradicionais desse tipo de intervenção oral.

Além disso, devemos ter em mente que numa formatura, o discurso deve ser voltado basicamente para enaltecer os méritos da instituição em formar e dos estudantes por terem vencido uma difícil etapa.

J) Traje i – o formando usa beca preta e faixa na cintura. O ideal é usar (por baixo da beca) roupa e calçado preto para não provocar um contraste de cores, que sobressai negativamente.

K) Traje ii – terno (escuro por ser à noite) e gravata para os homens. Vestido (longo ou na altura do joelho) ou tailleur para as mulheres.

L) Obs: o traje para os professores e componentes da mesa de honra, deve ser passeio completo, ou seja, terno (escuro por ser à noite) e gravata para os homens. Vestido (longo ou na altura do joelho) ou tailleur para as mulheres.

M) Horário – todo atraso provoca insatisfação em quem espera. Se a festa é sua, chegue cedo para curtir mais. Se você é um convidado, chegue cedo para não “fazer feio”.

N) Convidados – certifique-se de que existem condições para convidar todos que você deseja. Veja quantos convites ser-lhe-ão destinados.

O) Juramento – é este o momento em que o formando, dá sua palavra como garantia de defender e honrar os ensinamentos que lhe foram transmitidos. Deve ser um momento de muita seriedade. É um compromisso sagrado.

CONVITES E MATERIAIS RELACIONADOS À FORMATURA

A confecção, impressão e publicação de convite, quadro e anúncio em jornal ficam a critério dos formandos.

Dados que devem, obrigatoriamente, constar no convite:

Nome completo da instituição e sua logomarca (a comissão de formatura deverá solicitar o logotipo juntamente ao cetadeb)

Autoridades acadêmicas (diretoria do cetadeb e diretoria do núcleo) convite formal, mencionando dia, local e horário da solenidade de colação de grau.

Nome de paraninfo, patrono (se houver), orador e juramentista (a função ou cargo do paraninfo e patrono é que define a ordem) relação em ordem alfabética, dos professores homenageados (deverão, obrigatoriamente, ser mencionados nomes e titulações dos professores homenageados) juramento oficial para colação de grau, conforme texto sugerido neste manual.

Relação de formandos, em ordem alfabética (com destaque ao nome do orador e juramentista) poderão ser incluídos agradecimentos especiais e fotos dos formandos.

Observações: todas as informações e nomes constantes no convite deverão ser escritos sem abreviações.

Algumas personalidades e membros da mesa de honra têm voz obrigatória:

Diretor do núcleo

Patrono (se autorizado)

paraninfo

Orador da turma

Juramentista

DOS PRONUCIAMENTOS

O patrono se dirige à tribuna e faz seu pronunciamento, no tempo máximo de 05 (cinco) minutos.

O paraninfo se dirige à tribuna e faz seu pronunciamento, no tempo máximo de 05 (cinco) minutos.

Quando a turma se intitular com o nome de uma personalidade que esteja vivo, a referida personalidade dirige-se à tribuna e faz seu pronunciamento, no tempo máximo de 05 (cinco) minutos. (exemplo: turma josé da silva).

O diretor se dirige à tribuna e faz seu pronunciamento, no tempo máximo de 05 (cinco) minutos.

Normalmente é entregue pelo paraninfo da turma, porém havendo necessidade de substituição, a diretoria do núcleo decide pela pessoa que o fará.

Algumas autoridades têm lugar assegurado pelo protocolo acadêmico.

Diretor do núcleo;

Coordenador(a) do núcleo;

Paraninfo;

Patrono (se houver);

Membros do poder executivo, legislativo e judiciário (se houver).

É de responsabilidade da diretoria do núcleo, quando achar conveniente, convidar as autoridades relacionadas acima, para que por ocasião da formatura estando presentes, possam compor a mesa diretora (mesa de honra).

Cor do curso: lilás (podendo ser substituído pelo azul)

 

 

 

 

 

Símbolos do curso: alfa e ômega

 

 

 

 

 


Pedra do curso: AMETISTA

 

 

 

 



Dia do teólogo: 30 de novembro

Prometo ser fiel a Deus, nos princípios que tenho aprendido, procurando sempre, envolver-me constantemente, na excelente, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Prometo aplicar-me no trabalho do reino de Deus, desenvolvendo minhas funções, com humildade e responsabilidade, respeitando o ministério da igreja e agindo com voluntariedade e amor.

Prometo dispor-me, a serviço da igreja do Senhor, estabelecendo, como prioridade, em minha vida, cumprir o “ide” do Senhor Jesus Cristo.

Prometo cultivar a virtude do amor, fazendo com que em minhas atuações, em prol da obra de Deus, possa seguir o exemplo sublime, de nosso amado Salvador.

Assim o prometo.

" E abençoarei os que te abençoarem" Gênesis 12:3
TOP
error: O Conteúdo é bloqueado , para obter o conteúdo entre em contato com nossa central de atendimento.